5 de jan de 2008

Aos leitores do blog.

Quero agradecer aos leitores do blog pelos comentarios que tem deixado, e pedir para quem ainda nao comentou para que deixe seus comentarios, criticas, impressoes, elucubracoes, desabafos, sugestoes, experiencias, enfim, o que quiserem... Eh uma satisfacao para mim saber que meu esforco em escrever estas linhas esta sendo util. Alem disso, eh tambem interessante para quem entra no blog saber o que os outros internautas pensam.

A quem esta lendo isso pela primeira vez, deem uma olhada nos comentarios, pode ser que os ajude a se animar ou tenha alguma informacao interessante.

Ao pessoal que tem algum tipo de site, blog ou coisa parecida, quero pedir que coloquem links para este blog. Se voces fizerem uma busca no Google sobre a sindrome do panico, vao reparar que ele traz uma serie de sites com informacoes vagas, incompletas, as vezes erradas e tambem muito focados em depoimentos de gente sofrendo dos sintomas. Este tipo de informacao ruim eh prejudicial para qualquer problema que o ser humano possa sofrer, mas eh especialmente nocivo para o pessoal que tem sindrome do panico, que realmente chega a piorar soh por ler aquelas informacoes. Se voces acham que este blog vai informa-las melhor, adicionem links para este blog, pois o algoritmo do Google coloca mais prioridade para sites que tenham mais links, assim este blog pode passar na frente destes resultados nocivos.

Tambem quero convocar todos que ja superaram a sindrome do panico para que se manifestem, disponibilizem suas experiencias e tecnicas utilizadas em algum lugar, pode ser um site, mas comunidades do orkut ou mesmo atraves dos comentarios deste blog. O pessoal que tem este problema se reune, a quantidade deles e o fato de que eles nao terem contato com ninguem que ja resolveu tal problema, faz com que fique a impressao de que a sindrome do panico eh algo insuperavel, ou “incuravel” como alguns dizem. Foi por isso que eu separei alguns dias da minha vida para escrever este texto, pesquisar, reler, reorganizar, pensar, reescrever, ler os comentarios, adicionar mais coisas... Mesmo eu tenho prometido a mim mesmo que nunca mais traria este assunto a tona de novo em toda a minha vida. Cada pessoa que nao tem mais sindrome do panico tem uma divida para com o universo. As pessoas que estao passando por isso estao precisando de voces. Facam sua parte.

Era isso o que eu tinha a dizer, espero ter sido util.

474 comentários:

«Mais antigas   ‹Antigas   401 – 474 de 474
Anônimo disse...

Acabei de ler o teu post, muito bom, deixou-me muito feliz, tenho 23 anos e estava mesmo enganado ate ler este post... Obrigado por partilhares isto aqui. Só tenho uma dúvida, quanto tempo foi preciso desde o teu último ataque até os teus sintomas desaparecerem completamente voltar a ser tudo como era dantes?? Abraço

Bianca disse...

Alan, adorei seu blog! Me deu coragem para montar meu próprio blog contando sobre a minha experiência com a síndrome do pânico. Acho que realmente devemos deixar a vergonha de lado e compartilharmos as nossas experiências, assim podemos nos ajudar e mais do que isso, ajudar outras pessoas.
comosuperaropanico.blogspot.com
Abraços

Unknown disse...

Alan, não sei se você ainda está acompanhando estes comentários, mas gostaria que você soubesse o quanto você me ajudou com todas a suas palavras. Comecei a desenvolver a síndrome do pânico a pouco tempo, acho q um pouco menos de um mês e todos aqueles sintomas que você detalhou eu ando sentindo. Passo o dia com a cabeça pesada, acordo no meio da noite e algumas vezes o meu corpo tremeu todo. Descobrir que ao ficar sentada e controlar a minha respiração a tremedeira passa. Também tenho batimentos cardíacos alterados, medo de enlouquecer, de não ficar bem nunca!Enfim... Vou começar a terapia com a psicóloga e ao ler o seu texto me tranquilizei bastante. Cheguei a chorar ao ler!Obrigada de coração. Com esse texto você poderá ajudar e vem ajudando muitas pessoas pelo o que eu percebi dos comentários. E toda essa mensagem deve ser propagada para que mais pessoas possam entender que há cura para síndrome do pânico. Obrigada! -- meu e-mail para quem souber mais sobre o assunto: amandabas1@gmail.com

Darlene Pereira disse...

Olá, turma!
Eu me chamo Darlene, tenho 28 anos de idade e sou professora. Lendo todas essas informações não consegui saber de fato se tenho ou não a síndrome do pânico mas, posso afirmar que tenho alguns desses sintomas e sempre são seguidos de medo de alguma coisa. Quando estou em algum lugar com minhas filhas não consigo relaxar e fico todo o tempo tensa e imaginando que irá acontecer algo. Quando eu e minha família saímos de carro, seja para trabalhar ou passear qualquer freada que meu esposo dá ou qualquer barulho diferente que eu ouço me deixa extremamente tensa e nervosa e imagino mil e um acontecimentos.Gostaria muito de ajuda para superar pois, tenho muita vontade de dirigir mas, quando estou prestes a fazê-lo, chego a passar mal. Um abraço para todos do blog e creio que com muita fé em Jesus podemos vencer.

Anônimo disse...

Obrigada por dispor seu tempo nos ajudando com o texto...Eu procurava mais informações e encontrei aqui...Bjs e Deus te abençoe.

Anônimo disse...

Oi Alan em q ano vc teve a sindrome do panico, e demorou quanto tempo pra vc ficar bom,...

Anônimo disse...

Alan,
Primeiramente desejo do fundo do meu coração que Deus te abençoe grandemente por você ter separado algum tempo para escrever este blog.
Sempre suportei muita pressão, desde a infância eu sofri com um pai repressor.
Na adolescência tivemos problemas com finanças e a 1 ano estou num trabalho onde sofro muita pressão.
Enfim, entrei em férias e nesse momento de descanso eu sucumbi a doença. Vou usar este termo. Eu tive uma crise em agosto/2013 e desde lá tenho levado a vida com muita dificuldade. Na verdade em muitos momentos eu penso em desistir, em ir embora desse mundo de uma vez. Estou em meio a uma depressão. Já faço uso de medicamentos desde 09/2013, o mês que eu deveria voltar ao trabalho mas o simples ato de embarcar num ônibus tem sido um esforço sobre-humano.
Estou afastada e usando medicação como disse que me deixam com muito sono, mas senti melhora já que consigo sorrir com alguma frequencia.
Hoje é minha primeira consulta com um psicologo. Estou depositando todas as minhas esperanças neste tratamento, porque sozinha não estou conseguindo controlar.
Algumas pessoas próximas contam que já conheceram pessoas que levaram em média 1 ano para superar a SP.
Prefiro me apegar a isso porque as vezes acho que nunca vai passar.
Estou blog quem achou foi meu marido, e fiquei aliviada com seu relato porque tenho o hábito de pesquisar muito e infelizmente tem muito material de 5º por ai.
Quero acreditar que logo eu volto dizendo que superei, assim como você e outras pessoas.
Abraço

anna buarque disse...

Olá, tive a mesma experiencia de Alan...quase igual e estou curada sim...além de tudo que ele disse ser igual ao que vivi, hoje respiro feliz porque tudo passou e foi totalmente...mas eu procurei ajuda em uma terapia cognitivo comportamental além de um psiquiatra que me prescreveu tratamento...desde 2010 não tenho nenhum ataque e sei que não terei ...pense e repense sobre seuestiolo de vida e mude para ser feliz e o panico passarà ...

Priscilla Almeida disse...

Muito bom a sua experiência de vida. Tenho 25 ano e descobri que tenho SP há 3 meses. É um pesadelo sentir todas essas emoções de uma vez. Sou bastante curiosa e estudiosa e me ajudou muito a técnica do Movimento Único que consiste em você deixar o pânico vir. Diga na hora do desespero, pode vir pânico e observe suas reações. já fiz isso algumas vezes e deu certo. Eu não morri e a crise passou. E é como você disse a crise só vem depois, na hora do desentendimento, do estress momentâneo ela não vem, daí já é bom pra sabermos quando iremos tê-la de novo. Faço uso de um medicamento até então fraco para a ansiedade. Mas digo que o remédio não é a principal causa da minha melhora e sim minha força de vontade. Faço terapia toda semana também, me ajuda demais, pois ali eu converso, exponho meus problemas, e eu estou me transformando numa pessoa melhor a cada dia GRAÇAS A DEUS. O pânico nada mais é do que um sinal de que nossa maneira de viver está errada. Devemos procurar melhorar nossa qualidade de vida. Antes disso tudo acontecer eu queria abraçar o mundo com minhas próprias mãos. Guardava muita mágoa, não perdoava nem a mim mesma. Hoje eu vejo quão errada eu estava, talvez eu não teria percebido pra mim mesma que eu estava me afundando se não tivesse tido a SP. Minha fé aumentou, olho o mundo com outros olhos. Não estou "curada" ainda luto todos os dias, mas sei que isso vai passar e poderei testemunhar ainda mais. Que Deus ilumine a vida de cada um que passa por esse problema. Que eLe derrame suas bençãos na vida de vocês. E que todos possamos refletir na nossa maneira de pensar, só assim conseguiremos a VITÓRIA!!

Jamile Oliveira disse...

Alan, vc não tem noção do quanto me ajudou, vou ser grata pra sempre, acredito q eu esteja na fase final, dessa difícil fase q passei, e saber q vc tbm passou por isso e hoje vive bem, me dá ainda mais ânimo pra continuar. Obrigada mesmo!

juliana disse...

Oi pessoas maravilhosas, eu tb fui ao inferno e voltei.Eu tenho 33 anos e estou gravida do meu segundo filho,tive as primeiras crises em Cuba, fui fazer medicina la e tive problemas e estress fortes e entrei em depressao e tive Sp.Eu nao comia e todos os dias eu ia a enfermaria falando q ia morrer, so pq os medicos de la me receitavam medicamentos pra outras coisas.verme,gastrite,etc.Eu nem imaginava o que eu tinha.Bom, voltei ao Brasil um fantasma, magra que era uma pena,e no voo eu tive crises e suei o voo todo, nao comi nada,etc.Quando cheguei foi pior, meu esposo tinha acabado de voltar de la tb e estava morando na sua mae e tive que morara la, o qu aumentou minhas crises pq a minha casa estava alugada.Todas as pessoas a minha volta falavam que era falta de Deus, incluso minha familia que fala ate hj.Bom, sofri pra caramba, tentei suicidio, tive que trabalhar sem poder pra ter dinheiro pra ir a uma psiquiatra.Chorava dia e noite, nao dormia, fazia coco umas 6 vezes ao dia,tomei pondera desde 2007,voltei a trabalhar e em 2011 engravidei e tive crises, pois assustei,ai eu parei de trabalhar para cuidar de minha princesa.Quando ela estava com um aninho tive que desmamar pq voltei commos remedios, se eu contar que quando fui me formar biologa final de 2012 eu nao dei conta de ir ultimo mes pra facu e nem apresentar o tcc, assim eu formei mas meus professores me ajudaram muito,eu cai realmente, e com uma nenem pra cuidar,e meu esposo sempre me cobrando, lembre q vc tem uma filha pra cuidar, ou pq vc nao esquece isso e vai ler.Comecei a ler os livros de Augusto Curry sao otimos, li quase todos ja, mas tive crise de novo, estou na segunda gravidez e voltou a crise, mas nao vou parar meus sonhos por causa disso, estou quase lutando sozinha mas nao desisto, minha familia mora tudo no sul e eu em Goias.Todo mundo fala que e falta de Deus, mas nao e viu.Preciso superar o medo.Eu estava correndo pra aumentar a adrenalina, mas engravidei, ai tive um edema ao lado do nenem e sangrei um mes.depois tive placenta previa, mas nao desisti, venci.Agora eu acordo cedo coloco musica e faco meus afazeres dancando com minha filha, canto pra ela com o violao que nem sei tocar.Ando com ela na rua, vou as compras e saio normalmente, mas estou enfrentando.Li que a terapia cognitiva compamental ajuda, estou buscando fazer.Pois e gente, nao desistam tudo e uma luta, nunca cogitam em se matar, pq isso e uma fuga do problema, e problema a gente enfrenta de cabeca erguida.panico e medo e medo se enfrenta com coragem.
Bom e isso, parabens Allan, vc fez o que eu faria.
Juliana schul

juliana schul disse...

Oi pessoal, resolvi deixar mais um comentario pra acalmar vcs, olha so, como eu tenho a sp desde 2007, eu ja sofri muito e aprendo tb, de inicio eu nao queria tomar remedios pq eu dizia nao ser louca, mas agora compreendo, usei tarja preta dois meses, depois um antidepressivo que superei a depressao.Ai vi que a medica mudou meus remedios e eu nao sabia pq, agora entendo, eu superei a depressaone restou a sp que ela esta tratando, mas quero deixar claro que eu nao fiz o tratamento certo, por isso voltou.Eu fico tirando o medicamento quando me sinto bem, e cm nao tenho plano de saude nao vou ao psicologo, e importante pq a terapia ajuda bastante, eu fazia e garanto que estava me ajudando.So parei pq nao aguentei ficar no emprego pq meus colegas faziam comentarios e eu vendia moto, e comecei ater medo dos clientes,etc.Ai sai p cuidar de minha filha, e acabei ficando sem plano.Mas depois que eu passei a meinformar sobre a doenca eu pequei seguranca e nao estou assim tao ruim cm antes.Em lugares publicos eu ficava tonta e so andava me apoiando em alguma coisa com medo de cair,hj ja superei isso,as vezes parecia me faltar ar, mas na verdade nao esta faltando e pq aumentei a frequencia de respiracao e aumenta o oxigenio no corpo e os batimentos aceleram, e devido o aumento do oxigenio sentia formigamento no corpo.Quando me da crises tenho medo de fazer mal as pessoas, como fico longe das facas, mas ai eu comeco praticar uma tecnica que Augusto Curry ensina Dcd, duvidar criticar e determinar, e uso a faca normalmente fazendo isso, e no outro dia ja estou melhor e o medo tb ja se foi.Aprendi a duvidar de meus medos e consigo superar.Outra coisa, tentam correr, vao sentir que a falta de ar pela respiracao vai melhorar, tentam abracar muitas pessoas durante o dia, e forte, energia positiva, ate a fisica esplica isso.Tentam controlar seus pensamentos, nao deixam vir pensamentos desastrosos, critique eles, em tres dias vc estara melhor, tudo precisa de calma, demoramos a andar quando bb nao foi?entao, tudo temmo seu tempo, duvide de pessoas que falam que nao tem cura, pois se falam isso e pq nao tentaram coisas diferente e se acomodam e aceitam tudo.A vida nao e assim, temos que lutar ir no psicologo e psiquiatra, ir atraz pq nos nao queremos viver numa prisao o resto da vida.Neste momento de crise quase nao aparce ninguem p ajudar, so pra criticar, mas seja forte, seus vizinhos e amigos e principalmente familia vao falar-deixa iso p la e falta de Deus, vc e fresca.Apareceu pessoas falando que minha filha ja estava com sindrome do panico vcs acreditam?mandei ela...todos querem te levar pra igreja e colocar defeito e opiniao que nos poe pra baixo.nao oucam isso eles,tadinhos nao tem conhecimento de nada e querem dar opiniaoncomo se fosse psicologos.Ignoram criticando.Leiam Augusto Curry.Bom e so por hj.Beijao e um forte abraco cheio de energia.A VIDA E BEM MAIS QUE UM PANICO. Veja como os pasaros cantam bonito, cm a natureza nos presenteia de graca.:-)
Juliana Schul

juliana disse...

Ha, descupam os erros de portugue pq estou escrevendo de um celular e ficou dificil.como passaros, etcs.
Juliana schul

Joice Almeida Sales disse...

O que tenho a te dizer é: Obrigada, Alan! Estou tenho crises, penso só em ficar em casa pois minhas crises resultam em diarréias e já me sujei na rua, e por isso o medo. Medo de sair. Pior que tenho que estudar e trabalhar (tenho 17 anos), e poucas pessoas me entendem... Hoje, com seu blog, me sinto motivada a continuar. Vou procurar um psicólogo. Estou à procura de um gratuito. Meu facebook: Joice Almeida Sales.

Rose disse...

Olá, Alan!

Graças a Deus por seu Blog... Pude ler para meu esposo... foi difícil no momento pois ele não conseguia se concentrar em nada, tamanha sua desorientação. Depois, conforme foi se identificando com cada situação, o interesse e a concentração foram acontecendo. Deus te abençoe! Você nos ajudou de uma forma imensurável.

Anamaria disse...

Parabéns pelo blog!! Muitas pessoas que tiveramm a sindrome e melhoram não contam que tiveram as crises... muito bom seu depoimento!!!

Anônimo disse...

Adorei as informações do seu blog Alan, acho que tenho sp,tenho 29 anos e moro em São Paulo ,algumas vezes acordo com muito medo, sentindo sensações horríveis e geralmente sinto muita dor de barriga, sempre fui uma pessoa muito ansiosa e medrosa,mas os ataques de sp começaram a surgir quando presenciei um assassinato foi algo muito forte, n sei se essa foi a causa,mas antes disso nunca havia sentido nada igual e nem sentindo uma tristeza a ponto de me desesperar, nossa! suas palavras me deixaram mais confiante muito obrigada , sucesso e amor para você.

rosinha disse...

Olá..Já tive várias vezes Síndrome do Pânico..consigo me controlar qdo vem as crises...mas ultimamente ela tem atacado minha visão..não consigo enxergar as pessoas..vejo tudo turvo,faltando..será que isso tem haver com o pânico tb?Alguém já teve isso?

Arieli Welch disse...

Muito obrigada Alan você me ajudou muito eu tenho 16 anos e tenho essas crises desde os 7/8 anos foi muito ruim para mim sendo uma criança e achando que iria morrer fui em piscicologo,pisciquiatra tomei muitos remédios e mesmo assim as crises não passavam, faziam muitos meses que isso não acontecia comigo mas essa semana foi horrível para mim tipo meio de "desacreditei do mundo", depois das crises eu começo a pensar que nada é de verdade que nada existe realmente, estava tendo uma dessas crises agora mesmo enquanto lia para ver se achava a solução para isso quando vi seu blog e comecei a ler tudo que eu tava sentindo começou a passar, foi muito bom ter achado o seu blog e ver que o que eu sinto varias pessoas também sentem muito obrigada a você pois suas informações me ajudaram muito em minha crise e quando elas começarem irei seguir suas dicas, pois você também sabe como é ruim achar que estar morrendo, ou vc sabe que esta respirando perfeitamente mas você se sente sufocada muito ruim odeio muito passar por isso.
Então muito obrigada por tudo me ajudou muito e que Deus abençõe você. e que seu blog ajude muitas outras pessoas que sofrem com isso

Fátima disse...

Adorei ler este blog,porque sofro de pânico mas sei agora que posso me livrar dele.Já tinha feito algumas tecnicas e isso me fortaleceu mais para continuar.

Anônimo disse...

Ola meu nome e Junior tenho 38 anos sofro de sindrome de panico a algum tempo porem nao sentia mais nada a pouco tempo sofri um tralma na vida quase morri afogado enfim todos esses sintomas que vc falou eu sinto falta de ar tontura dor na nuca nas costas palpitacoes dificuldade de andar de falar medo de morrer porem pode ter certeza que nao morremos por sp hoje voltei ao meu tratamento com medicamentios que no meu caso tem ajudado bastante tomo froontal e sertralina e estou fazendo psicoterapia tento levar uma vida normal sei que nao e facil porem temos que lutar e saber aceitar a condicao de ser humano onde temos nossos medos frustdacoes e defeitos assim como todos......abracos a todos fe em Deus . Caso queira trocar msg segue email elisejunior@hotmail.com

Tatiana Rodrigues disse...

parabéns Alan, por ter a iniciativa de ajudar a todos nóis que estamos passando por essa síndrome.
Sua experiência me deu esperança de ter a minha vida de volta.
quero muito voltar a dirigir confiar em mim,estou esperançosa nesse tratamento que irei começar, irei sair vitoriosa nessa guerra contra minha mente. Obrigada pelo carinho...Deus te abençoe hoje e sempre.

Tatiana Rodrigues disse...

parabéns Alan, por ter a iniciativa de ajudar a todos nóis que estamos passando por essa síndrome.
Sua experiência me deu esperança de ter a minha vida de volta.
quero muito voltar a dirigir confiar em mim,estou esperançosa nesse tratamento que irei começar, irei sair vitoriosa nessa guerra contra minha mente. Obrigada pelo carinho...Deus te abençoe hoje e sempre.

sheila disse...

Alan, teu blog e fantastico!!! Descreve tudo o que vivi nos ultimos meses. Comecei com a sindrome do panico no hospital, apos quase ter morrido no parto da minha filha. Eh dificil descrever o que sinto aos meus familiares, amigos, medicos. Mas vc o fez com destreza. Vou usar tuas frases para ne ajudar. Foi muito bom ter te encontrado. De todo coraçao... obrigada

Anônimo disse...

Parabéns muito bom seu depoimento!

Anônimo disse...

ja tenho e covivo om essa droga depois de um ano,voltei a ter os sintomas terriveis mas nao cheguei a ter uma crise isso ta me judiando mto queria saber como vc fez para controlar tanto tempo sem crise.
obrigado.

Anônimo disse...

entrei na internet em busca de auxílio na hora que acontece e o tempo que se arrasta,eté medo de dormir estou,,,,

Anônimo disse...

Alan, muito obrigado!

Anônimo disse...

Tive muitos problemas, e o pior, eu sabia que me afetariam, mas sempre quiz o bem alheio do que meu próprio bem. Estou em tratamento psicológico mas venho tendo alguns ataques de pânicos, o blog com certeza acaba de mudar alguns penssamentos meus quanto ao ataque de pânico, e tenho certeza que vou superar com meus erros e ainda vou dar muito depoimento por ai. Obrigado, muito obrigado, amei o que li e vou até o fim. Estou bem, sou bem e o bem sempre farei !

Anônimo disse...

DE GRANDE UTILIDADE...

Anônimo disse...

Alan me passa teu facebook,eu tenho esses sintomas e acho q tenho SP...Fcaria feliz poder falar contigo.Abçs FRANCINILTON

Anônimo disse...

ANSIEDADE

TIVE SIDROME DOPANICO EM 2010
SOFRIR MUINTO DEPOIS DE 3 ANS QUE
FUI DIAGNOSTICADO COMERSEO O
TRATAMENTO PSCOLGICO DEPOIS COM O
PSQUIATRICO MEDICAÇAO FLUOXETINA
TIVE AGUNS EFEITOS COLATERAIS
FRACOS POR 3 DIAS DEPOIS NAO TIVE
MAIS CRISES FUI MELHORANDO DEPOIS FUI PARA PAROXETINA 40MG E CLONAZEPAM 2,MG ATE HOJE NAO TIVE MAS CIRSES APENANAS UM POUCO DEANSIEDADA COMTINUO CO MEDICAÇAO
MAS ESTOU 90% melhor nao desita

pasencia melhor remedio agradco a deus .............

Anônimo disse...

em 2010 tive SINDROME DO PANICO
DEPOIS DE 2 ANO FUI DIAGNOSTICANO COMERCEI O
TRATAMENTO PSCOLOGICO
DEPOIS PSQUIATRICA MEDICAÇAO
NOS PRIMEI DIAS TIVE ALGUNS
EFEITOS COLATERAL POR 4 DIAS DEPOIS COMERSEI A MELHORA
NAO TIVE MAS CRISES DEPOIS FUI PARA PAROXETINA E CLONAZEPAN
































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































TIVE SP EM 1010
COMERSEI O TRATAMENTO PSICOLOGICO
EDEPIS PSQUIATRICO MEDICAÇAO FUI MELHORANDO AUS PAUCOS HJE TOMO DEDICAÇAO MAS ESTOU 90% MELHOR
NAO TIVE MAS CRISES A UM TENPO
AGRADEÇO A DEUS NAO DESISTA PORQUE ESTOU OTIMO PODE BOTA FÉ

Anônimo disse...

Alan adorei o blog, me ajudou a me distrair e evitar uma crise. Também gostei muito dos depoimentos e bom saber que não estamos sozinhos nessa luta.
Eu tenho 27 anos e a primeira crise de panico que tive eu tinha uns 17 anos fiquei 1 mês sem sair de casa, tinha medo de entrar no meu quarto, de dormir, não conseguia me alimentar direito ai depois com o tempo eu fui enfrentando o medo e sai de casa para fazer as provas da escola, e depois criei coragem para voltar a dormir no meu quarto, nossa esse foi um periodo horrivel, quando eu deitava na minha cama eu ficava petrificada de medo, meu coração acelerava tanto que eu achava que ia morrer, então segurava um terço que tenho e rezava até consegui dormir foram meses até o medo passar, e tudo isso sem ajuda médica, só com a coragem mesmo, os médicos diziam que eu não tinha nada, só alguns anos depois fui descobrir o que tive, mas ai já estava melhor, fiquei anos bem mas porque sempre enfrentei o medo e a ansiedade, mas esse ano em fevereiro tive outra crise, não sei se foi tao intensa quanto a primeira mas os sintomas foram todos diferentes e isso me assustou bastante, tive tudo o que esta escrito aqui no blog, da outra vez só tinha crises de gastrite e medo, tremor e sudorese. estou enfrentando procurei ajuda e o depoimento de pessoas com o mesmo problema tem me ajudado, minha família, principalmente minha mãe ela ja teve sindrome do panico e tem me ajudado, e ela é a prova viva de que isso tem cura sim, ela passou por isso quanto eu era criança e há décadas ela não tem mais nenhum sintoma. Como estou no trabalho não dá pra escrever mais, mas deixo meu e-mail caso alguem queira conversar teixeira-rebeca@bol.com.br. Vamos ter força e coragem que um dia todos nós vamos ficar bem, mas devo dizer que a SP até que tenho aprendido muito com a SP e que hoje sou uma pessoa melhor e mais forte

leandro disse...

ola meus amigos!!!
meu nome e leandro sou de Ribeirao Preto. SP
tive um epsodio em minha vida que desencadeou o panico, procurei varios medicos e todo tipo de ajuda
com amigos, familiares, procurando respostas para aqueles ataques agudos e doidos.
por indicacao de um medico amigo da familia, comecei a tomar cloridrato de certralina.
entao fui a uma psicologa e ela me disse que eu deveria era tomar um anceolitico por que eu estava com ansiedade e nao com depressao.
bom, ai comecei a tomar frontal e rivotril, fiquei otimo por um tempo.
Ate que fui em outra psicologa e ela me dice que realmente eu deveria estar tomando a certralina que em doses pequenas funciona como ansiolitico.
ai fiquei em duvida, mas msm assim larguei o frontal e fui para certralina novamente e durante uns 15 dias passei apertado com os efeitos colaterais do remedio que ataca o intestino a barriga doia muito nem comia direito!
mas passado estes 15 ou 20 dias tive uma melhora otima apesar de estar tomando a certralina e o rivotril.
mas passado um tempo comecei a ter crises mesmo medicado!!! ai fiquei sem saber pra onde correr oq fazer!!
pensei como vou fazer aumentar a dose dos remedios???? fiquei mauuu e comecei procurar alternativas na net.
Entao encontrei o livro que mudou tudo chamado Sindrome Do Panico A Cura Sem Drogas do escritor Luiz Delfino Mendes.
Ai sim encontrei um Caminho de verdade para fora desse turbilhao que e o panico. e descobri varias coisas que nem sonhava!!!
Gente e possivel a cura total do panico!!!!
basta ter coragem para enfrentar!!
e aqui vou falar uma coisa que esta no livro, a crise realmente existe mas o panico e opcional!
porque??????
A resposta e, na verdade essas crises que os medicos convencionaais ou psiquiatra ortodoxos propoem que devemos repelir com uso de medicamentos, essa crise na realidade ela tem que ser vivida para o nosso corpo se auto regular ela e benigna maligna e o conceito que temos dela.
Imagine que voce coma algo estragado, oq geralmente ocorre?
uma diarreia e claro, para espurgar as toxinas do seu organismo certo??
Assim e a crise de panico, ela vem pra voce passar por ela e assim deixar assim o seu corpo se regular sem interferencia de medicamentos no seu sistema nervoso central.
ainda nao estou 100% mas estou caminhando pra isso!!!! se alguem tiver alguma duvida podem perguntar aqui que respondo.
E comprem o livro realmente ele e a chave.
bjs a todos

Anônimo disse...

Ola
nao consegui ler tudo e gostaria tanto de ser ajudada pois realmente sofro muito com panico. se tiver um e-mail que eu possa contactar ou alguem que realmente posssa me ajudar,to sofrendo

Taís disse...

Olá Alan... Estou em crise e seu blog me fez repensar e aprender várias coisas de como me controlar... tentei a terapia ... mas saia de lá mais irritada, talvez tenho que procurar um profissional mais experiente no assunto!!! Tive um burnout no trabalho ... mergulhei nele e esqueci d mim... hj trabalho no meu limite e trabalho com meu marido e ele depende de mim e eu dele,,, mas hj ele entende que ultrapassei os meus limites e nunca mais farei td que fiz antes !!! Seu blog me trouxe muita esperança que sou mais forte e vou lutar contra este problema e não doença muito obrigada e Fique com Deus !!! Admiro sua coragem e vontade de ajudar outros com o mesmo problema que vc teve !!! boa noite !!!Taís

Raquelzinhadepaula disse...

oi, Tenho 25 anos e sofri com esse transtorno por muito tempo, tive estresse, depressão, fibromealgia e transtorno do pânico. Percebi que só iria conseguir me controlar saindo do meu serviço que era muito estressante(call center por seis anos é dureza). Frequentei muitos médicos para definir o remédio que iria usar, fui em psiquiatra e psicologo. Por fim, parei de ir e só fiquei indo no médico, então saí do serviço e pedi ao Dr, para suspender os remédios, não tive mais crises como antes, mas tenho medo do medo ainda. :(

rafael disse...

Oie pessoal bom dia
estou criando um grupo no whats sobre ansiedade quem quiser entrar me chama la 07798292820
por favor so chame se realmente estiver buscando ajuda pq tem muitos que so fazem gracinha brincadeira besta
a intenção do grupo eh ajudar uns aos outros da melhor maneira possivel eu ja sofri muito com ansiedade e por isso quero ajudar quem ainda sofre
. vlw pessoal :) :)

Rafael disse...

Oie pessoal bom dia
estou criando um grupo no whats sobre ansiedade quem quiser entrar me chama la 07798292820
por favor so chame se realmente estiver buscando ajuda pq tem muitos que so fazem gracinha brincadeira besta
a intenção do grupo eh ajudar uns aos outros da melhor maneira possivel eu ja sofri muito com ansiedade e por isso quero ajudar quem ainda sofre
. vlw pessoal :) :)

ELIANE disse...

OI ALAN, GOSTEI MUITO DAS SUAS POSTAGENS,ESTOU FAZENDO TRATAMENTO PARA PERDER MEDO DE DIRIGIR, NA VERDADE TENHO MEDO DE DIRIGIR SÓZINHA.MAS LENDO A SUA TESE SOBRE MEDOS, PANICOS, FOBIAS...ENFIM, FAZIA TEMPO QUE EU NÃO DAVA TANTA RISADA,
VOCÊ FAZ A GENTE ENCARAR O PROBLEMA DE UMA MANEIRA MAIS SUAVE,VOCÊ RETRATA ESSES MEDOS DE UMA FORMA EXPLÍCITA QUE FAZ A GENTE OLHAR PRA DENTRO DE NÓS MESMOS.ADOREI.PARABÉNS.

Helena Côrtes disse...

Oi Alan,
Que lindo seu gesto.
Meu nome é Helena, tbm sofro SP.
Comecei terapia, foi maravilhoso,fiz poucas sessões e logo me senti livre daquelas imaginarias correntes. fiquei tão feliz que nem voltei ao psicologo.
Atualmente voltei com sintomas. Faço uso de homeopatia,mas minha medica disse que PRECISO voltar com a terapia
e depois de ler seu blog, vejo que ja passou da hora de reiniciar.
Agradeço a você por isso.
MUITA LUZ E PAZ A TODOS,

Helena Côrtes disse...

Oi Alan,
Que lindo seu gesto.
Meu nome é Helena, tbm sofro SP.
Comecei terapia, foi maravilhoso,fiz poucas sessões e logo me senti livre daquelas imaginarias correntes. fiquei tão feliz que nem voltei ao psicologo.
Atualmente voltei com sintomas. Faço uso de homeopatia,mas minha medica disse que PRECISO voltar com a terapia
e depois de ler seu blog, vejo que ja passou da hora de reiniciar.
Agradeço a você por isso.
MUITA LUZ E PAZ A TODOS,

Cá disse...

Obrigada, Alan!

Cá disse...

Obrigada, Alan!

Anônimo disse...

Allan você passou pela despersonalização/desrealização?????

Anônimo disse...

Obrigado por tocar nesse assunto no blog! Estou passando por uma época muito difícil na minha vida! Chorei de felicidade ao ler esse post! Estou tendo uma síndrome do pânico terrível nessas férias por uma sobrecarga durante o período letivo. Só Deus sabe como eu me sinto! O grande problema é que eu sempre acho que eu tenho uma doença grave e insolucionável! Que esse momento crítico passe e que novos bons dias venham. Quero que saiba que é um grande exemplo para aqueles que sofrem Agora! Me sinto cada momento Pior! Que Deus me Ajude! Amém! Me chamo Bernardo e tenho somente 11 anos.f

Anônimo disse...

Obrigado por tocar nesse assunto no blog! Estou passando por uma época muito difícil na minha vida! Chorei de felicidade ao ler esse post! Estou tendo uma síndrome do pânico terrível nessas férias por uma sobrecarga durante o período letivo. Só Deus sabe como eu me sinto! O grande problema é que eu sempre acho que eu tenho uma doença grave e insolucionável! Que esse momento crítico passe e que novos bons dias venham. Quero que saiba que é um grande exemplo para aqueles que sofrem Agora! Me sinto cada momento Pior! Que Deus me Ajude! Amém! Me chamo Bernardo e tenho somente 11 anos.f

Rodrigo disse...

Acho que devemos mesmo postar as nossas experiências para encorajar outras pessoas. Eu tive uma crise dessas em julho de 2014 apos uma semana em Fortaleza bebendo muito, dormindo pouco, me alimentando mal e indo pra festas por 6 noites seguidas. Lembro de ter acordado super bem apos a ultima noite de festa. Como sempre foi meu costume nessas maratonas de festa, acordava comendo chips(não tenho fome de comer um almoço logo que acordo na ressaca rsrs)chocolate, bebendo agua, refri, gatorade, tudo pra repor as perdas do dia anterior (não façam julgamento se o método é certo ou errado, estou apenas narrando o meu dia). Pois bem, quando acordei era perto do horario do almoço entao sai para almoçar a convite de uma moça que havia conhecido na festa. Pois bem, no restaurante minha garganta trancou (não tenho fome de ressaca, fui almoçar pra que?). Nao conseguia comer nada, so beterraba com sal. Pedi que saíssemos e fossemos tomar um açai mas fui sentindo meu estado piorar e o coraçao acelerar, comecei a achar q ia parar de respirar e q meu coração estava parando de bater, minha pernas e maos ficaram dormentes, entrei em desespero e pedi q me levasse rapido p um hospital.La Mediram todos os sinais vitais e estava tudo ok ate a glicose apos 6 noites de zueira estava ok rsrs. Tomei soro, me deram algum remedio calmante na veia e aos poucos me acalmei. Pouco mais de uma hora apos entrar no hospital ja estava sendo liberado. Passei uns dois dias com medo de ter aquilo de novo, mas associei tudo ao fato da cachaçada, do cansaço e pensei que era so esperar meu corpo descansar que tudo voltaria ao normal. E Funcionou! Apos uns 3 dias ja nem lembrava mais do ataque. Pois estava tudo bem comigo mas isso durou 4 meses! Aff. Eu contava essa historia e achava graça...ate que um belo dia na academia eu tive de novo...havia bebido na noite anterior, me alimentei de maneira inadequada e tomei pre-treino pra malhar (comprimidos repletos de cafeína)... o resultado disso tudo junto com treino pesado e pensamento que tinha que andar rapido porque tinha que pegar estrada e horario marcado pra um compromisso... comecei a me sentir mal na academia. Sai da academia e vim pra casa ja mal, me lembrei de julho e fui piorando, la foi eu para o hospital de novo. Muita gente passa mal em academia e trata isso como efeito isolado, eu nao consegui por causa do que havia ocorrido meses antes. A grande sacanagem é que depois desse segundo evento eu nao consegui mais me livrar desses pensamentos. Li bastante e tenho conseguido controlar o pânico, mas essas sensações que Alan cita como as mais comuns me rodeiam o dia inteiro. Façam o desafio que ele sugere, mesmo antes de ler eu ja tinha umas ideias assim, de mesmo mal fazer todas as coisas que programei. O acumulo de desafios vencidos vai nos dando coragem. Bem, ainda estou na fase de lembrar o dia todo da ansiedade e fico monitorando a respiração, enchendo o pulmão de ar e dando aquelas expiradas fortes, da uma pressao na cabeça, corpo esquenta e esfria, acho q se ficar em pe vou perder equilibrio (perde nada, ate no auge da crise acho q como eu, voces foram andando pra dentro do hospital kkkk)mas também estou na fase de realizar os desafios que proponho. Se tive isso uma vez e tirei sarro da situação. Vou me livrar disso de novo nem que leve mais tempo e tal como Alan quero ter algo bom pra tirar disso tudo. Gostaria de fazer um texto mais rico em detalhes porque sei que isso é importante. Estou indo em psicologo, mas acho que ele nao domina muito bem meu problema e estou buscando outro que conheça melhor essa área (mesmo assim ele ja me ajudou). Fica a dica para irem a um psicologo que tenha entendimento desse problema. Outra coisa que parece que vai me ajudar é a fé cristã, eu sou católico e estou adorando as missas, as musicas e a Palavra como nunca antes e estou achando uma delícia os sentimentos que me trazem. Não é propaganda de religião nao, cada um com sua crença religiosa pode fazer esse exercicio tambem. O texto ta mal escrito, acentuado e pontuado por preguiça do autor. rsrs.

Anônimo disse...

Rodrigo é isso mesmo o mais importante é não se deixar levar pelo o medo e tentar superar!A fé nos ajuda muito na superação do pãnico.Tive em 2008 e até hoje tomo ainda a medicação com acompanhamento médico(citalopram) pois é um tratemento e digo se tiver que tomar a vida toda tomarei pois é muito ruim estas sensações!

Anônimo disse...

Oi! Tenho 24 anos. E já fazem quase dois anos que venho tendo essas crises. Minha vida mudou completamente, infelizmente para pior. Coisas que eu anteriormente fazia hoje só de pensar me fazem mal. Ir ao cinema, passear, ir a festas, ficar numa fila do Banco, o meu dia-a-dia no trabalho. Em qualquer lugar possível infelizmente posso ter essas crises. As sensações são horríveis mesmo. Já fui ao psiquiatra, tomo rivotril para controlar as crises nervosas. Parei de tomar o remédio que ajuda a diminuir as crises. Apenas tomo calmante. Não está fácil viver desta maneira. No inicio foi tão difícil conviver com isso e até entender o que eu realmente tinha. Sinceramente, espero que isso passe logo. Pq as vezes a vontade de "desistir" de tudo é maior do que qualquer coisa. Muitas e muitas vezes já me perguntei o motivo de eu estar passando por isso. Mas acho que na realidade tudo têm um propósito. Tento me apegar na minha fé, e sei que Deus pode me ajudar. Só que as vezes o desespero é maior que a "esperança" que eu devo ter. Gostei muito deste blog, porque realmente essas etapas eu passei e algumas estou passando. Espero logo poder comemorar a minha vitória. Desejo a todos dias melhores. E força para enfrentar os dias difíceis, pq sei como "lutamos" para passar por esses dias. Um Grande abraço.

Lucas Gonçalves disse...

Gostei muito do seu blog tenho SP dês dos 14 anos hoje possuo 18
já tive muitas recaídas principalmente quando estou desempregado
afinal mente vazia é oficina do capiroto :D
Estou em casa sem trabalho,1 mês sem sair de casa mais graças a você
isso ira mudar irei enfrentar isso e vencer !!!
Obrigado Que Deus te abençoe.

Depois que li tudo oque você escreveu me deu muita confiança sei que
não viverei com isso para sempre muito obrigado por compartilhar isso
conosco ...

Paulo Ph Tertubonifacio disse...

Olá gente eu tenho 17 anos e passei por essa tal síndrome do pânico fiquei com isso 2 meses e hoje gracas a Deus não tenho mais nada , eu pensei que iria morrer mais ai descobri que existe um Deus que cura e liberta e eu me entreguei minha vida a ele eu não quis passar em psicólogo e nem psiquiatra coloquei em minha cabeça que a minha unica cura era Deus e foi independentemente se você for católico ou evangélico não esquente pois o Deus que tem em uma religião também tem na outra somente procure ele e não faca que nem eu que só procurei na hora que mais precisei mas também procure ele quando as coisas estiverem dando certo quando você estiver feliz quando tudo estiver maravilhoso sua vida , essa doença é uma doença causada pela mente do ser humano e quando você pensar que esta tempestade não ira passar lembre se de um Deus que sempre esteve ao seu lado e nunca te abandonou mas você sim só lembrou dele na hora que mais precisou , Deus faz o impossível acontecer na sua vida basta crer e ter muita Fé pois a Fé não torna as coisas mais fáceis mais sim as coisas possíveis então não se entregue a essa doença se entregue a Deus , pois o seu médico é DEUS e seu Remédio é a Fé e seu tratamento é a Oração confie nele e se entregue a ele olha eu só tenho a agradecer a Deus por tudo que fez em minha vida !! E não se preocupe que tudo isso vai passar é só uma fase ... DEUS É MAIS NA SUA VIDA ... Quem quiser conversar é só me chamar no email: Tertulianopauloph2gmail.com lá passo meu numero de celular e lembre se que DEUS vai te curar e libertar

Anônimo disse...

http://vivomaissaudavel.com.br/bem-estar/motivacao/conheca-rosa-oliveira-a-musicoterapeuta-que-se-recuperou-da-sindrome-do-panico/

julianocorreia disse...

Ola galera venho aqui dizer que tenho SDP e que sempre olho esse blog nos criamos um grupo no waths para quem quiser entrar pó me chamar nesse número 06791865655 lá podem falar sobre o que sentem e tem outras pessoas para conversar até mais

julianocorreia disse...

Ola galera venho aqui dizer que tenho SDP e que sempre olho esse blog nos criamos um grupo no waths para quem quiser entrar pó me chamar nesse número 06791865655 lá podem falar sobre o que sentem e tem outras pessoas para conversar até mais

Fabio disse...

Olá pessoal, tenho 37 anos e tive minha primeira crise de panico aos 22. Fiquei mais de 15 anos sem ter nada e agora estou tendo de 15 em 15 dias. Marquei com psiquiatra mas reluto em acreditar que realmente seja SP pois quando tenho vem involuntrio e nao estou nervoso, ou sob stress. É assim mesmo?
Minha ultima crise foi hoje e eu estava no meu trabalho, normal e tranquilo, não passei por nenhum nervoso e do nada o meu coração comecou a acelerar, medi no app do iPhone e teve uma hora que chegou a 211 bpm??!! Será que não é possível um infarto? Minha boca e garganta ficam secas e começo a ter falta de ar e sensacao de demaio com enfraquecimento das pernas, sudorese e tenho sempre diarréia. Tomo, muita, muita agua, por conta da garganta seca e sensacao de sufocamento, mais alguem tem esse sintoma? Meu corpo fica pedindo desfalecimento e desmaio, como se ele mandasse uma mensagem ao cerebro de que tenho que desmaiar e cair no chão ou morrer ali mesmo. O mais engracado que no meu caso eu não sinto medo de sair de casa, ir ao shopping, nos lugares, etc., inclusive eu gosto de sair.
Esses sintomas vem do nada e quando chego ao pronto socorro, com exceção do coracao acelerado, sempre está tudo normal, pressão, saturacao de oxigenio, etc, e os médicos te olham com aquele cara e perguntam se é ansioso, ou se drogou-se, horrível!
As vezes penso que posso estar com algum tumor no cerebro pq sao sintomas muito reais e é dificil acreditar que venha da nossa cabeca. Espero passar por essa e aprender a controlar minhas crises. Que Deus nos ajude.

Jorge Takeda disse...

Curado há meses, sem recaídas, sem remédios, graças ao livro "Vencendo o Pânico sem Drogas" e à consulta única de 2 horas com seu autor, Luiz Delfino Mendes. Recomendo a todos que estão descrentes com o tratamento convencional. Ao contrário do que a grande maioria dos psiquiatras dizem, existe cura sim!

Além de Luiz Delfino Mendes, recomendo que leiam o que dizem psicólogos como Jordan Campos e Regis Mesquisa (Psicologia Racional). Todos eles promovem a cura (real e definitiva) do Pânico sem remédios.

Alessandra Ramires Cortina disse...

Ola Allan...há alguns dias estou enfrentando os ataques de pânico,pensar que vou morrer e prestar atenção aos sintomas é o que mais eu tenho feito rsrs! já li muito sobre o assunto mas acredite que realmente você foi escolhido para escrever sobre tal assunto! Me identifiquei demais com tudo que escreveu,vou seguir seus conselhos e creio que muito em breve volto aqui para deixar o meu testemunho de melhora! Deus te abençoe e abençoe essa rica contribuição de vida que tens dado! Forte abraço

Caroline Fernandes Ventura disse...

Eu já li seu blog duas vezes.. e sempre que termino de ler me sinto mais motiva. Engraçado como SP faz a gente pensar que somos unicos. E ver que não nos dá conforto.Eu estou lutando a um ano e meio no começo não conseguia ir ao mercado sozinha,tranquei a faculdade e me afastei do serviço,aos poucos fui ganhando o suporte para ir voltando, mas somente quando comecei a fazer terapia que me senti melhor mesmo. Consegui voltar a estudar e controlar minha ansiedade, mas de duas semanas para cá voltei a sentir os sintomas.Não quero retroceder e já vi que sim é possivel ter uma vida sem essas crises. Mas as vezes é muito dificil.

Nathalia Rocha disse...

Só quero dizer Muito Obrigado! Você me ajudou muito de verdade. Que tudo o que vc fez volte em dobro pra você em energia positiva!

Nathalia Peigo disse...

http://desapegueidopanico.blogspot.com.br

😀 espero que ajude também!

Mariana de Andrade disse...

Oi Alan!!! Desde já agradeço por suas palavras, eu tive crises quando passei por um processo de emagrecimento, quando uma pessoa disse que eu havia emagrecido muito e perguntou se eu estava "DOENTE" e que era pra eu tomar cuidado pra não cair por aí desmaiar etc,etc, depois desta palavra cheguei em casa me olhei no espelho e me via amarela e eu afirmei "eu estou REALMENTE DOENTE" desde então comecei a ter muitas crises 4 crises por dia, eu não sabia o que era, eu ia ao medico apenas para ele dizer "você esta bem não tem nada de errado" quando chegava em casa era um inferno, eu queria voltar pro hospital e ficar lá, por que eu estava segura com mts medicos, minha vida começou a piorar e minha chegou em mim e os médicos nunca desconfiaram o que era, quando minha mãe disse pra mim q eu parecia estar com "SÍNDROME DO PANICO" me deu muitos conselhos esteve do meu lado, porém eu não sabia exatamente o que esse mal procurei na internet e tudo q eu achava era exatamnte como eu me sentia, porém aquilo me piorava muito pelos comentários das pessoas meu Deus!!! Então eu agradeço hoje mt a Deus por que eu achei o seu blog sem querer nem sei até hoje, estava tendo uma crise qd resolvi entrar na internet e encontrei seu blog, foi coisa de Deus, qd comecei a ler me acalmei muito, e hoje eu SUPEREI!!! ja faz 8 meses e hoje eu estou escrevendo pois isso é uma coisa q meche muito comigo, as vezes estou trabalhando e sinto que vou ter uma crise rsrs porém ignoro e sigo minha vida,ela virou parte da minha vida, eu e minha síndrome! Com ela eu sinto q posso enfrentar qualquer coisa, e descobri que a coisa mais dificil na vida de enfrentar não são os problemas pessoais nem financeiros, mas sim enfrentar a SUA PROPRIA MENTE, O SEU EU! Obrigada você me ajudou muitoooooooo PARABÉNS!!! DEUS ABENÇOE

Anônimo disse...

o testemunho e o texto mais perfeito sobre sindrome do panico! Parabens!

Anônimo disse...

Boa noite Alan, ou bom dia pois já é madrugada, deixo meu depoimento para te parabenizar por este texto, realmente é muito ruim que tem este problema, mais sabendo que é só um problema, a gente tem mais força para superar,não tenho medo de sair, andar metro,minha maior agonia é ter desenvolvido um sintoma de falta de ar,como se o ar não passace na garganta. Mais já estive pior,a mais de dois anos sofro com isto, só que antes eu me desesperava e a crise era insuportável a ponto de chamarem ambulância e eu ia parar no hospital,uma vez por causa desta crise fiquei quatro dias na uti de um hospital,hoje tento me controlar mais ainda não tá fácil, mais lendo este depoimento de força me ajuda bastante,e eu sei que vou sair dessa .

Anônimo disse...

Boa noite Alan, ou bom dia pois já é madrugada, deixo meu depoimento para te parabenizar por este texto, realmente é muito ruim que tem este problema, mais sabendo que é só um problema, a gente tem mais força para superar,não tenho medo de sair, andar metro,minha maior agonia é ter desenvolvido um sintoma de falta de ar,como se o ar não passace na garganta. Mais já estive pior,a mais de dois anos sofro com isto, só que antes eu me desesperava e a crise era insuportável a ponto de chamarem ambulância e eu ia parar no hospital,uma vez por causa desta crise fiquei quatro dias na uti de um hospital,hoje tento me controlar mais ainda não tá fácil, mais lendo este depoimento de força me ajuda bastante,e eu sei que vou sair dessa .

Amanda disse...

Amém adorei

Anônimo disse...

Boa noite Alan, você tem Facebook ?

Anônimo disse...

Pessoal,
Peço lhes que façam esse teste quando começarem a sentir os sintomas de crise de pânico:
comecem a falar com Jesus, clamem pelo sangue dEle, comece a orar/rezar diga que o sangue de Jesus tem poder! Implore o socorre dEle, com certeza vc começará a sentir paz e caso alguém aqui não acredita em Jesus, faça o teste, não irá te custar nada, apenas terá que abrir a sua boca e começar a falar. Deus não é um ser distante e que lá de cima fica anotando os nossos pecados para em momento oportuno nos castigar, ao contrário, Ele veio para nos salvar, sim! todos precisamos de salvação, todos nós temos pecado e Ele está disposto a perdoar a qualquer um que se chegar a Ele! Ele não te desamparará, nem te abandonará! Dê uma chance a Ele para se revelar a vc. Diga a Jesus que vc quer conhecê-lo melhor, que quer restaurar a comunhão que foi perdida entre vc e Ele. Jesus é real, não é um conto de fábulas nem tão pouco se manifesta somente a pessoas com um alto grau de "santidade". Ele veio para os DOENTES e não para os sãos, Ele é o médico dos médicos, por favor creia nisso! convide o a morar em teu coração, pois foi nesse "lugar" que Ele escolheu morar em cada ser humano, cada alma vivente nesta terra e não em templos feitos por mãos humanas. Isso é muito importante, peça a Ele para lhe encher com o Espírito Santo dEle. CREIA QUE ELE É REAL, NÃO TENHA MEDO DE PEDIR A AJUDA dELE.

Se por um acaso vc estiver sem vontade de falar, abrindo a boca, pode falar em pensamento também, vc pode pegar e começar a ler um salmo ou comece a ler o novo testamento dia após dia. Vá lendo sem pressa de terminar!

FIQUEM NA PAZ DE Jesus!

Anônimo disse...

Parabens por ter um gesto tao lindo de ajudar as pessoas que passam pelo mesmo que voce, eu passei, digo que passei pq ja nao tenho nem medo das crises voltarem, seu blog me ajudou muito recuperei minhas forcas e vou dar continuidade no tratamento mesmo estando bem, ate um profissional me dar alta, mais entender o que esta acontecendo cmg me ajudou a ficar bem novamente saber que nao estou ficando louca que nao vou fazer mau a mim e a ninguem ao meu redor aprender a ignorar os momentos de crise,hoje digo que se tenho crise nao vejo mais ela acontecer , com sua ajuda estou ajudando outras pessoas que passam pelo mesmo! Deus te abençoe muito!

Anônimo disse...

olha.. tô aqui aos prantos lendo isso.. pq me identifico muito c tudo e sofro diariamente por isso.
quero muito me agarrar nessa esperança de cura.
fora as crises, tenho tonturas diárias.. isso me atrapalha de viver o meu dia a dia.
seu texto traz muita esperança de cura.
obrigada.

Anônimo disse...

Sou Psicólogo formado me especializando em Saúde Mental, mas isso não impediu que tivesse o TRANSTORNO DE PÂNICO, que alias, relato minha experiência vivendo de “dentro” do transtorno, abordando num processo de autoanalise quais os fatores que me levaram a desenvolver tal transtorno, bem como discuto tratamento psicoterapeutico e medicamentoso, falando como conseguiu me recuperar. Tudo isso escrito no livro recém publicado chamado “45 DIAS DE PÂNICO TOTAL! PSICÓLOGO RELATA COMO CONSEGUIU SOBREVIVER”.

FabioRibeiro disse...

Ola Alan, também passei por isso durante quase toda minha vida, com as experiências montei um blog para ajudar as pessoas também. Percebi que com o passar dos anos esse tipo de problema tem aumentado. Nele dou varias dicas de como melhorar a vida.
Tive de tudo e mais um pouco.


http://ajudemefabio.wixsite.com/sempanico

abs Fabio

bianca barros disse...

Oi Maria , estou sofrendo com a TAG e tenho episódios de panico. Pra mim é horrivel , só Deus mesmo

«Mais antigas ‹Antigas   401 – 474 de 474   Recentes› Mais recentes»

Google